A Liberdade do Espírito

por Patricia Merkler

É preciso aprender que não adianta só ter o conhecimento da importância de uma mudança de padrão de comportamento, uma mudança interna que será capaz de libertar os sentimentos, pensamentos e ações que nos traz aprendizados, por muitas vezes, desnecessários. 
É necessário ir além e, para isso, é importante querer.

Querer agir para superar as limitações. Querer ser um ser humano melhor. Querer sair da inércia que nos mantém conectados com os nossos sentimentos pequenos e também com toda a negatividade que trazemos do passado, por vezes expressa em situações recorrentes. Para que possamos ter a oportunidade de compreender o porquê de determinada situação e nos libertar é preciso querer.

É importante querer também admitirmos quais são os nossos pontos fracos, nossos defeitos e, cada dia mais, nos empenharmos em mudar e crescer internamente.

Em algumas ocasiões, a evolução do Ser nos traz situações difíceis e dolorosas, mas que podem traduzir-se em grandes aprendizados e oportunidades de superação.

A grande mudança está em identificar quais são os comportamentos e sentimentos negativos que atraem essas dificuldades para a nossa vida e, com isso, querer tomar uma atitude e mudar.

Devemos estar em alerta constante para a negatividade, tanto interna, quanto ao redor, mas ter força para não permitir que essa negatividade interfira ao ponto de fazer parte da nossa vida.

Essa escolha está dentro de cada um de nós. Somos nós que escolhemos e permitimos se a negatividade irá ou não nos afetar.

Devemos aprender a não julgar, aprender a não culpar, a não ter orgulho, a não criticar, a não interferir na vida dos outros e a não ofender.

Estes são alguns meios que temos para nos fortalecermos internamente e impedir que a negatividade alheia atinja a nossa vida.

O vitimismo, a cobrança e a chantagem emocional são sentimentos que mostram o quanto o Ser precisa evoluir, pois são estes sentimentos que demonstram o quanto a pessoa não assume a sua própria força, o seu devido valor, e o quanto precisa alimentar-se deles para conseguir viver, tendo que sempre chamar a atenção para si, colocando-se na posição de vítima, ao invés de querer se libertar e crescer.

E esta a mudança que é tão necessária nos dias de hoje e que irá proporcionar a liberdade ao ser humano.
É a grande oportunidade de nos libertarmos de cordões energéticos negativos, que por tanto tempo pesam em nossa alma nos entristecem e nos adoecem.

A liberdade de conquistar o crescimento interno passa necessariamente por essa mudança que, em síntese, é a oportunidade que temos de alcançar a Liberdade do Espírito.